Levar as crianças à neve: dicas e cuidados para a viagem | Dicas De Casa | Dicas e truques para o dia-a-dia

Levar as crianças à neve: dicas e cuidados para a viagem

Já alguma vez levou a sua família à neve? Gostava de aprender a esquiar e ter uma semana de aventura com os miúdos?

A neve é uma das minhas grandes paixões. Desde os meus 18 anos que faço férias na neve, tirando a época em que estive grávida e o primeiro ano de vida de cada filho (que somando bem, foram quase 8 anos). E pretendo manter essa tradição em família durante muito tempo. As crianças adoram e os Pais conseguem fugir à rotina durante uns dias. Não há palavras para descrever a sensação de estar na montanha e de ver apenas BRANCO. De não ouvir barulho, só os skis a deslizar na neve. Adoro a sensação de esquiar pela manhã ainda com a neve fofa e por “estrear”. Adoro a sensação de apanhar banhos de sol na esplanada do café a beber um chocolate quente. Quem já fez férias na neve sabe bem do que falo. Não há como não ficar rendido a uma boa estância de ski!
A nossa família não gosta de ir sempre para o mesmo destino de inverno. Gostamos de variar! E este ano foi a vez de visitar a estância Kronplatz, em Brunico-Bruneck, no norte de Itália. Começou por ser uma viagem um pouco atribulada quando soubemos que a Ryanair tinha convocado greve para o dia da nossa partida. Mas, jogámos pelo seguro e reservámos outro voo de ida na TAP, exatamente à mesma hora. E ainda bem que assim foi! O nosso voo da Ryanair foi mesmo cancelado. Menos mal! Mas tirando esse contratempo, tudo correu às mil maravilhas. As meninas adoraram (desta vez os dois mais pequenos ficaram com a Avó). Foi uma semana que nos permitiu relaxar e abrandar o ritmo. Conseguimos esquiar bastante, aproveitar a maravilhosa piscina quente ao ar livre com vista para a montanha no clube termal Cron4 (aconselho vivamente) e ainda… descansar. Que bem que soube! Estávamos mesmo a precisar “parar” e dar um pouco mais de atenção às meninas mais velhas. Sim, porque não é fácil ter irmãos pequenos!!! 🙂
Este ano a época de ski está a terminar (normalmente, encerra na Páscoa) apesar de ainda haver bastante neve. Mas para aqueles que pensam programar uma viagem à neve em família, deixo aqui alguma dicas para tornar a logística um pouco mais simples.

Equipamento

  • Calças impermeáveis
  • Casaco impermeável
  • Meias de ski
  • Camisola fina por dentro (vai ter muito calor depois de esquiar), de preferência de gola alta para não entrar neve
  • Capacete
  • Óculos de ski
  • Botas de ski
  • Botas quentes e confortáveis (são as nossas aliadas no final do dia, quando tiramos as botas de ski…que alívio!!!)
Leve pouca roupa, isto é, as férias na neve resumem-se a um ou dois fatos impermeáveis, consoante a duração da viagem, umas 3 ou 4 camisolas finas, um ou dois pares de calças e umas três camisolas mais quentes para eventuais passeios ao final do dia. As casas e os edifícios em geral são muito quentes. Eu tenho apenas dois fatos de ski e vou alternando. Também costumo lavar pelo menos uma máquina de roupa, visto que grande parte dos apartamentos oferece essa comodidade. Assim, escusamos de levar muita bagagem no avião.

Viajar com crianças

Quando se viaja para a neve com crianças deve-se verificar previamente as infraestruturas da estância, por exemplo, se tem creche (os meus filhos já lá ficaram várias vezes), escolas de ski, pistas adequadas aos mais novos, etc. Não se esqueça que as crianças só devem iniciar o ski por volta dos 3/4 anos e, mesmo nessas idades não aguentam esquiar o dia todo. Por isso, é importante arranjar atividades que os mais pequenos gostem de fazer.
Ah! E não pode faltar o protetor solar e o baton de cieiro. Este ano comprei este kit de montanha da ISDIN.
Traz um protetor solar em tamanho reduzido, ideal para viagens, mais um 2 em 1 com baton e protetor solar integrado com fio, ideal para trazer ao peito e ter sempre à mão. Para além disso, beber muita água também é importante! Na maior parte das estâncias a água da torneira é excelente, pois vem diretamente da montanha.
Se vai experimentar esquiar pela primeira vez, peça o equipamento emprestado a amigos ou então alugue, pois não sabe se vai gostar. Mais tarde, se achar que vai continuar a praticar ski, então compre o seu próprio material.
Por fim, se não tem experiência em ski ou snowboard, aconselho primeiro a frequentar algumas aulas com um professor. Só depois é que deve começar a explorar as pistas sozinho, de preferência, começando pelas verdes e azuis que têm um declive menor.
E faça tudo ao seu ritmo! Não olhe para a técnica do esquiador ao lado, que já deve ter nascido com os skis nos pés. Vá devagar e aproveite a paisagem sem grandes esforços e sem ceder a pressões. Afinal de contas, férias são férias!
O descanso do guerreiro!

Deixe uma resposta

Também Pode Gostar