Lembre-se que quanto maior a diferença entre a temperatura ambiente e a temperatura do equipamento, maior será o consumo de energia. | Dicas De Casa | Dicas e truques para o dia-a-dia

O seu frigorífico está organizado? Dicas para conservar alimentos

Já alguma vez olhou para o frigorífico e pensou: “Que desorganização!!!”. Quantas vezes deixou estragar alimentos por não estarem à temperatura ideal? Sabe como deve organizar o frigorífico de forma a prolongar o bom estado de conservação dos alimentos e, consequentemente, poupar energia?

Cá em casa, o nosso frigorífico está sempre muito cheio! Não é por termos muita comida preparada, mas sim, por sermos muitos (esta criançada dá despesa) e o frigorífico ser pequeno demais para tanta gente! Já pensámos várias vezes em trocar, mas temos pena de “abandonar este velhinho” enquanto ainda cumpre a sua árdua tarefa!

Pois bem, como temos quase sempre o frigorífico cheio, tentamos manter a organização, de forma a poupar espaço e facilitar a vida a este pequeno eletrodoméstico que se farta de trabalhar.

Depois de investigar e ler vários artigos sobre como conservar corretamente os alimentos dentro do frigorífico, partilho convosco alguns conselhos que considero importantes.

Prateleiras de Cima

Esta é a zona mais quente do frigorífico e a que mantém uma temperatura mais estável. Por isso, é a zona ideal para guardar comida pronta como, por exemplo, snacks, ervas aromáticas, pickles e fruta.

Prateleiras do Meio

Este é o local ideal para guardar queijo, ovos em caixas, sandes e restos de comida.

Prateleiras de Baixo

É o local mais frio do frigorífico. Por isso, é ideal para armazenar leite, iogurtes, carne, peixe fresco entre outros produtos.

Porta

A porta do frigorífico é um local de acesso (cá em casa os pequenos abrem-na várias vezes só para ver o que anda por lá), por isso, é difícil manter a temperatura. Aqui não deve guardar produtos que se estraguem facilmente, como por exemplo, o pacote de leite aberto. Deve antes guardar neste local manteiga, queijo, ovos, molhos para temperar, bebidas, etc.

Temperatura ideal

Frigorífico

O frigorífico deve rondar sempre uma temperatura entre os 0ºC e os 4ºC. É claro que depende da temperatura ambiente. Ou seja, no verão pode estar mais próximo dos 0ºC, visto que há tendência para que as alimentos aqueçam mais rápido.

Congelador

Já em relação ao congelador, este deve rondar os -15ºC e -18ºC para uma correta conservação dos alimentos. Aqui pode armazenar os itens que serão consumidos a longo prazo. Deve armazená-los em sacos de plástico, de preferência na horizontal para minimizar os tempos de congelação.

Alimentos que não deve guardar no frigorífico

  • Manjericão
  • Tomate (Really? Eu guardo!)
  • Batatas
  • Cebolas
  • Alhos
  • Pão
  • Azeite
  • Café
  • Mel

Lembre-se que quanto maior a diferença entre a temperatura ambiente e a temperatura do equipamento, maior será o consumo de energia. Por isso, não é necessário colocar o frigorífico a uma temperatura muito baixa, pois pode comprometer, não só a conservação dos alimentos, como aumentar a despesa no final do mês!

4 Comentários

  1. Anisabel Cruz

    A serio os tomates não vão ao frigorífico? Eu coloco-os lá. E a ideia está muito boa, eu já tenho umas cestas assim para colocar ovos, iogurtes, doces , vi no Pingo doce , tens razão, também tenho de passar para um frigorífico maior mas vamos tendo pena pois o velhinho vai fazendo o seu trabalho.

    1. Joana Coutinho Joana Coutinho

      Olá Anisabel,
      É verdade! Parece que os tomates no frigorífico ficam com uma textura farelenta e perdem sabor. Eu já tinha ouvido o cozinheiro Jamie Oliver a dizer isso num dos programas. Eu também os costumo guardar no frigorífico, mas pelos vistos não devia! 🙂

  2. Elisabete Almeida

    Agora também fiquei surpresa com o facto de não ser aconselhável guardar os tomates no frigorífico, pois também tenho o hábito de o fazer. Outra coisa, tem a ver com os iogurtes, porque colóco-os sempre na prateleira de cima, por ser de mais fácil acesso. Estamos sempre a aprender.

    1. Joana Coutinho Joana Coutinho

      É verdade Elisabete! Estamos sempre a aprender e, nem sempre fazemos as coisas da melhor forma. Espero que tenha gostado do artigo! 🙂

Deixe uma resposta

Também Pode Gostar