Um fim-de-semana diferente: Acampar!

Quem tem crianças sabe o quanto é difícil agradar a esse público-alvo deveras exigente! As férias não são exceção! Enquanto os pais sonham apenas em descansar tranquilamente numa praia a ouvir a ondulação do mar, os filhos só pensam em diversão, agitação e em muitas atividades onde possam descarregar toda a sua energia acumulada ao longo do ano. E que energia!!! Pufff!!! Mas como se consegue agradar a todos? Não se consegue mas… tenta-se!

Este foi um fim-de-semana diferente: fomos acampar! Já tínhamos levado as meninas mais velhas a acampar duas vezes, mas desde que os mais novos nasceram nunca mais nos aventurámos por essas andanças. Como as crianças andavam a pedir há algum tempo, decidimos que estava na hora dos pais meterem mãos-à-obra e se organizarem para passarmos uns dias um pouco mais “próximos da Natureza”.

Qual a criança que nunca brincou às escondidas e que nunca criou o seu próprio esconderijo secreto? Normalmente, quase todas gostam do mesmo e, por isso, é que as tendas fazem sucesso entre elas. Das duas vezes que acampámos levámos sempre o meu antigo “iglo” que tem capacidade para 4 pessoas. No entanto, a família cresceu e já não cabemos todos dentro dele. Foi assim que escolhemos o nosso “T3”. Esta tipologia foi uma excelente escolha! Para além dos 3 quartos tem ainda uma “sala” comum muito prática onde se pode circular e guardar alguns sacos. A escolha foi unânime!

O segundo passo foi selecionar o destino. No início pensámos em rumar a Norte para conhecer melhor a zona do Gerês. No entanto, como a nossa filha mais nova tem andado um pouco doente, decidimos ir para Sul onde o clima é um pouco mais quente. Após algumas indecisões, fomos para Montargil de forma a conhecer um pouco melhor o interior do país.

A escolha revelou-se acertada! O parque de campismo de Montargil tem boas infraestruturas e quase não é necessário sair de lá para se passarem uns excelentes dias de férias. Tem piscinas, acesso direto à barragem, minimercado, café, restaurante, campo de futebol, sala de jogos, etc. Em época alta dispõe ainda de animação diária junto à piscina e à noite junto ao restaurante. Para além disso, é um local perfeito para andar de bicicleta ou praticar algum desporto náutico. Completamente aprovado!

Enfim, as nossas crianças adoraram a experiência e até a mais pequenina, mesmo “doentinha”, andou sempre bem disposta e na brincadeira com os irmãos. Um dos comentários principais foi: “Mamã, mamã, isto parece um hotel!”. É verdade! A nível de infraestruturas até pode parecer um resort, tirando o “pequeno pormenor” do quarto que é um pouco mais pequeno e não incluí TV, nem ar condicionado. Mas foi mesmo esse o objetivo: passar uns dias fora, próximos da Natureza e “desligados de qualquer tecnologia”. Completamente em modo “offline”! E que bem que soube!!! 🙂

Deixe uma resposta

Também Pode Gostar