Como se comemora o Dia dos Irmãos numa família numerosa?

Muitos são os dias em que as coisas não correm bem! Há brigas, nódoas negras (muitas), cabelos puxados, galos na cabeça, etc. Muitas marcas que indicam a existência de irmãos por perto. Mas apesar de todas essas marcas, também há momentos divertidos. Momentos de cumplicidade e de brincadeira. Momentos de partilha e de entreajuda. Momentos de beijinhos, abraços e ternura. Momentos que marcam a vida de uma criança e que a fazem crescer de forma saudável e solidária.

Ter um irmão é ter um tesouro por perto. É ter alguém para partilhar confidências e ter um pilar para se “agarrar”. É partilhar sentimentos e passar noites a conversar. É ter companhia nas risadas e um ombro para chorar. É aprender a olhar para o outro e dar a mão para poder seguir em frente.

É certo que há amigos que mais parecem irmãos. Mas esses não viveram as mesmas experiências. Não dormiram no mesmo quarto (nem na mesma casa). Não partilharam o mesmo pai e a mesma mãe. É difícil alguém nos conhecer verdadeiramente se não viver debaixo do nosso telhado. Por isso, um irmão é muito mais do que um simples amigo. É um “exame” que nos testa a cada dia e nos torna cada vez mais fortes. É uma preparação para encarar a vida com outros olhos. Viver em sociedade não é fácil, mas se soubermos lidar com os nossos irmãos, de certeza que o futuro será um pouco mais risonho!

Será que todos conseguimos ter boa nota neste exame fraterno?

Na nossa família, o desafio de hoje passou por cada um fazer uma mensagem (texto ou desenho) para entregar ao seu irmão! É claro que alguns precisaram de ajuda! Partilho convosco o resultado final:

Um Feliz DIA DO IRMÃO!!! 🙂

(em especial para a minha)

Deixe uma resposta

Também Pode Gostar