Serão os Pais que desensinam as Crianças?

Será que podemos aprender com as nossas crianças? Não será que elas já nascem ensinadas e somos nós que as desensinamos? (para quem tem dúvidas como eu, esta palavra existe. Confirme aqui.)

Os nossos filhos estão constantemente a magoarem-se. Ou é um galo na testa, ou uma pisadura na perna, ou um braço partido, entre outros “carimbos” que deixam no seu corpo. Apesar disso, recuperam sempre muito rápido. Mesmo com alguma “marca” não param sossegados um segundo (nem se lamentam). Este comportamento dá que pensar!

Será que são as crianças que estão corretas? Será que elas se deixam vencer pelos obstáculos tão facilmente como nós adultos?

As crianças têm comportamentos que os adultos abandonam desde cedo. Estes hábitos fazem delas seres mais saudáveis do que a maior parte dos “crescidos”.

Devemos começar a refletir e a dar mais atenção às lições que as nossas crianças nos podem ensinar. Apresento de forma resumida, alguns pontos que devemos adotar na nossa vida e que se aprendem observando o comportamento dos mais pequenos.

Seja destemido

fearless-kids

Todos os pais que já tiveram filhos pequenos sabem o quão destemidas as crianças podem ser. Elas saltam, atiram objetos (às vezes o alvo somos nós) tudo para testar e verificar o que pode acontecer.

Os Pais têm tendência a chamar a atenção: “Vê lá se cais!” “Não tem magoes!” “Não mexas aí!”. Quando, na verdade, devíamos mesmo era ensiná-los a assumir riscos de forma cautelosa, especialmente quando são pequenos e em situações adequadas para a sua idade (por exemplo, saltar de um muro relativamente baixo).

Se não encorajarmos os nossos filhos a assumir riscos, podemos estar a influenciar negativamente o seu desenvolvimento social e cognitivo.

Lição 1: Seja aventureiro, por exemplo, experimente um novo desporto ou uma nova atividade!

Nunca páre de aprender

nuncaetarde

As crianças são curiosas por natureza e estão sempre a fazer perguntas. É assim que elas aprendem! Mas isso dá trabalho! É muito mais fácil aceitar as coisas como elas são ou ver que algo funciona sem perceber o porquê. Não precisamos de “ativar o tico e o teco” no nosso cérebro. No entanto, ele precisa de funcionar e de estar ativo, por isso, o simples ato de aprender um instrumento ou uma nova língua, ajuda a manter a mente saudável.

Lição 2: Pergunte, seja curioso, tenha um novo passatempo e aprenda com a ingenuidade e humildade de uma criança.

Coma quando tem fome

birra

Esta é difícil para os Pais que têm filhos pequenos. Felizmente, não é o meu problema porque os meus filhos sempre comeram bem (às vezes até demais!). Mas a maior parte dos Pais está constantemente a insistir com os filhos para comer.

As crianças já nascem com um instinto de fome inato, por isso, só comem quando têm fome (mesmo que seja fora das refeições). E isso verifica-se desde que nascem. Não sou, nem nunca fui a favor da regra das 3 horas entre as refeições no caso dos bebés. Se os próprios adultos não têm fome sempre à mesma hora, porque é que as crianças haviam de o ter? Há dias e dias! Sempre amamentei quando me pediam para o fazer (através do choro, claro). E enquanto mãe de 4, verifiquei que ficavam muito mais calmos desta forma. Até porque ficar mais tempo acordado, faz com o que o corpo gaste mais energia e consequentemente, aumenta a vontade de comer.

Isto é um bom hábito que os adultos deviam implementar na sua vida. No entanto, devemos optar sempre por alimentos ricos em bons nutrientes e que nos deixem saciados por mais tempo (evitando assim andar sempre a “petiscar”).

Lição 3: Ouça o seu corpo e coma apenas quando tem fome.

Alimente a interação social

kids-dental-2-kids-smile

As crianças são genuínas a mostrar os seus sentimentos e as suas emoções. Por outro lado, os adultos têm tendência a suprimir o que sentem. É claro que devemos exprimir as emoções de forma responsável! As crianças não guardam rancor e aí reside o segredo! Quando estão zangadas, choram. Quando estão contentes, sorriem. Ouvem as outras pessoas e respondem com um sorriso quando alguém sorri para elas.

As crianças vivem os sentimentos de forma muito intensa mas muito breve. Elas expressam a sua frustração ou a sua raiva durante uns breves minutos, mas passado pouco tempo seguem em frente. Os adultos deviam ter a mesma atitude: expressar as emoções durante pouco tempo e não voltar a pensar mais no assunto!

Lição 4: Exprima as suas emoções de uma forma saudável. Controle-as e siga em frente!

Faça sestas

05-kids-sleeping-in-funny-places

Todos sabemos que dormir é muito importante para a saúde. Dormir pouco pode trazer consequências graves e alterar o estado de alerta de uma pessoa. As crianças têm tendência a ser mais saudáveis, porque fazem longos períodos de sono durante a noite e a maior parte ainda faz a sesta durante o dia.

Lição 5: Não se esqueça de valorizar o seu sono assim como valoriza o dos seus filhos. Não quer ficar jovem por mais tempo?

Brinque

playkids

Acha que é “crescidinho” demais para brincar? Pois saiba que brincar é importante tanto para as crianças como para os adultos. Brincar ajuda a desenvolver certas aptidões, como por exemplo, a resolver problemas, a desenvolver a criatividade e a construir relações humanas. Não é por acaso que o melhor “emprego” para as crianças é: brincar.

Lição 6: Faça atividades que sejam boas para si e que as considere divertidas! Como por exemplo, andar de skate, construir Legos, jogar poker com amigos, etc. Cultive o bom humor e seja otimista!

(E last but not least)

Aprecie as pequenas coisas

kids-playing-with-moving-and-storage-boxes-sm-1

As crianças têm uma tendência natural para as pequenas coisas. Não se admire se oferecer um brinquedo a uma criança e ela preferir brincar com a caixa. Elas não ligam a marcas nem a objetos complexos. Gostam de brincar com coisas simples e transformam-nas em coisas interessantes utilizando a sua imaginação. Observe-as a brincar e repare que não precisam de muito para serem felizes.

Lição 7: Olhe ao seu redor e aprecie as pequenas coisas do seu dia-a-dia. Não esteja à espera do dia de amanhã (nem da sexta-feira) para ser feliz.

Seja Feliz HOJE com o que tem!

6535422ef9e841674aa3b0d7eb116bb6-1

 

Deixe uma resposta

Também Pode Gostar