Não sabe onde levar as crianças? Visite o Museu do Brincar!

Foi por acaso que descobrimos o local. Era domingo e não haviam atividades, nem almoços com o resto da família. Por isso, decidimos ir passear com as crianças.

Antes de sair, pesquisámos locais onde os meninos pudessem andar à vontade. Quando me refiro “andar à vontade”, também me refiro a nós, Pais, andarmos à vontade sem estarmos constantemente preocupados atrás deles.

Nos nossos raros “dias de folga” tentamos sempre fugir das multidões, dos centros comerciais ou das grandes cidades. Desta vez, decidimos ir passear a Vagos (para quem não sabe é uma pequena cidade no distrito de Aveiro). Foi lá que encontrámos o Museu do Brincar!

Este não é um Museu qualquer! Aqui todos os brinquedos estão expostos de uma forma peculiar. Todos os visitantes podem interagir com as peças. Não há restrições nem de toque, nem de barulho (o que é excelente para as crianças). Há casinhas, castelos, minas secretas, barcos de pirata, etc. Cada espaço é um conto de fadas. Dá vontade de permanecer no local horas e horas a fio. Desde jogos antigos, marionetas e peças banais transformadas em instrumentos, tudo faz parte do mundo imaginário daquele local.

Quando disse aos meus filhos que íamos a um Museu, torceram logo o nariz. “Museu???” “Que seca!!!” Mas quando entraram, já ninguém os conseguia tirar de lá! Andaram horas e horas a explorar cada canto. Vestiram e despiram várias fantasias, transformaram-se em várias personagens e recriaram peças de teatro únicas. Jogaram jogos tradicionais e ficaram encantados com as casinhas e com o mobiliário “do seu tamanho”.

As pessoas que trabalham no Museu são de uma simpatia única. Estão sempre dispostas a ajudar e, fizeram questão de nos explicar qual o conceito do Museu. Para além das imensas visitas escolares durante a semana, também organizam Festas de Aniversário ao fim-de-semana. A meu ver, é um local excelente para esse tipo de eventos.

O Museu do Brincar foi, sem dúvida, uma agradável surpresa que iremos repetir brevemente. As exposições são temporárias, por isso, há sempre um bom motivo para repetir a visita. O bilhete tem uma valor simbólico de 3 euros e se forem em grupos com mais de 6 pessoas, pagam apenas 2 euros por pessoa.

As crianças dão asas à sua imaginação e os adultos revivem momentos de infância com os brinquedos e jogos antigos que por lá se encontram. Vale bem a pena passar uma manhã ou uma tarde diferente e bem divertida! A nossa família aconselha!

 

Deixe uma resposta

Também Pode Gostar