Como remover papel de parede?

Ano novo, casa nova! Na verdade, não é bem casa nova. É mais decoração nova!

É isso mesmo. Estamos a iniciar uma época de obras cá em casa. Uiii! Avizinham-se tempos difíceis! Sim, porque obras e crianças não ligam NADA BEM!

Esta casa nunca foi pintada (à exceção da pintura de raíz) e já tem uns anos. As paredes já começam a ressentir-se. Há rachadelas e alguma humidade. Por isso, achámos que estava na altura de resolver a situação.

Nos últimos dias, iniciámos a remoção do papel de parede. Posso dizer que ainda temos muito trabalho pela frente! Sim, porque eu sou uma fã incondicional de papel de parede e apliquei-o em vários espaços. Desde a sala, aos quartos, até ao escritório. Gosto imenso e na minha opinião dá um ar mais acolhedor à casa. Mas como estamos a preparar as paredes para a equipa das pinturas, temos mesmo de o remover. Melhores dias virão! Dias em que poderei escolher o meu novo papel de parede! 🙂

Remover papel de parede pode ser uma tarefa fácil… ou muito complicada. Tudo depende do tipo de papel. Posso-vos dizer que tenho em casa vários géneros e uns são mais fáceis de remover do que outros. Alguns saem de uma só vez, outros necessitam de ser removidos por duas ou três fases. Depende da espessura e do próprio material. Há uns que têm um acabamento mais “plastificado” e não absorvem tão bem a água. Há outros que são mais resistentes e não se rasgam quando os puxamos. Neste caso, o que interessa mesmo é não danificar muito a parede!

Para quem nunca removeu papel de parede, deixo-vos aqui um vídeo com uma descrição do material que necessitam e do processo que devem adotar. Como poderão ver, não é necessário chamar nenhum especialista nem comprar material XPTO. O processo é simples e barato! O tipo de papel é que pode ou não dificultar “a coisa”!

Deixar uma resposta

Também Pode Gostar