Os benefícios (ou não) de ter uma família numerosa

Há sempre muita curiosidade em torno das famílias numerosas. Geralmente, as questões centram-se em: como se organizam, se os irmãos se dão bem, se a casa tem momentos de silêncio ou se as despesas são muito grandes. Se está a pensar em ter uma família grande (pense bem) ou se tem curiosidade acerca desta “espécie” em vias de extinção, veja este resumo que fiz sobre os benefícios (sobre como encorajá-lo) em ter uma família numerosa.

heart Aprender a partilhar

Estudos revelam que crianças provenientes de famílias numerosas têm mais facilidade em fazer amizades, em ajudar outras crianças e, normalmente, estão mais atentas aos sentimentos das outras pessoas. Aprendem a cooperar e a colaborar desde cedo, olhando para as necessidades do outro e tomando consciência que o “mundo não gira só à sua volta” (os Pais é que giram à volta deles). Todos estes aspetos ajudam as crianças a construir relacionamentos mais saudáveis e positivos com os outros.

heart Ter sempre companhia

Uma criança de uma família numerosa NUNCA está sozinha (por vezes, até queria estar)! Estar com os irmãos ajuda a criança a fazer amizades mais facilmente (por vezes, até demais), a mostrar mais empatia e a aceitar uma maior responsabilidade, visto que há sempre alguém para brincar (ou para tomar conta). Mas, por vezes (e consoante a personalidade), também é necessário que ela tenha um momento só para si, por isso, cá em casa existe um dia para cada filho. Desta forma, cada um pode conversar com os Pais e expor os seus sentimentos, sem ter um irmão mais novo a chamar: MÃE, MÃE, Ó MÃE!

heart Os Pais não precisam de brincar

Vá lá! Vamos ser sinceros! Tudo bem que é importante que os Pais brinquem com os filhos, mas aos 30 anos já ninguém gosta de brincar ao faz de conta nem de andar mascarado com um vestido do Frozen ou do Spiderman! As crianças de famílias numerosas têm sempre com quem brincar. Há sempre um irmão que está disponível e disposto a fazer um jogo, um puzzle ou a brincar ao “Monstro das Caixas”! Por isso, é menos uma tarefa que os Pais têm de assegurar (é claro que há dias e dias)!

heart Vocabulário “mais rico”

Os irmãos mais novos beneficiam do vocabulário dos irmãos mais velhos (do BOM e, infelizmente, também do MAU). Quando passam muito tempo com os irmãos mais velhos, as crianças pequenas fazem uso de palavras mais difíceis mesmo que, por vezes, não se perceba muito bem o que querem dizer. Alguns Pais comentam com receio: “O meu filho não fala!” (Quem me dera a mim poder dizer isto de vez em quando). Isto não existe numa família numerosa! Todos falam e, ao MESMO TEMPO!

heart Trabalho de grupo

Uma família numerosa pode-se comparar a uma máquina de produção em série. Logo, todos têm de ajudar para que a máquina possa produzir. Cada um tem as suas tarefas e se não as fizer, “será descontado no salário”! Todos têm de trabalhar, até o menino de 2 anos que arruma os seus sapatos, a mochila e até já ajuda a por a mesa (com os talheres trocados, claro).

heart O Amor multiplica-se

Algumas pessoas têm receio de não gostar tanto dos outros filhos como do primeiro. Isso está totalmente ERRADO! É claro que numa família numerosa, há sempre o mais bem comportado, o mais bonito, o mais irreverente, o mais introvertido e a “verdadeira pestinha”! No entanto, o Amor não se divide mas multiplica-se. Aprendemos que o coração não tem tamanho. Ele é totalmente “elástico” (o meu está GIGANTE)!

heart Amor maior pelo cônjuge

Quando se passa pela experiência de ser Pai, o Amor pelo cônjuge tende a aumentar, visto que passam a partilham de um projeto em comum (difícil, mas único) que é a paternidade. Ninguém consegue sentir o mesmo que os Pais sempre que nasce um filho! É um momento único e inexplicável partilhado a DOIS (que no meu caso foi vezes 4)!

heart Aprender a doar

Criar uma família numerosa não é assim tão dispendioso como se pensa. Tudo vai passando de filho em filho, desde carrinhos de bebé, roupas, brinquedos, etc. (vá, menos as fraldas e as escovas de dentes). Por isso, as crianças de famílias numerosas aprendem desde muito cedo a doar os seus bens. Por vezes, podem ter dificuldade quando gostam muito de um item, por exemplo, quando têm de doar uma peça de roupa que já não serve. No entanto, dão com alegria porque sabem que irão fazer o outro feliz.

Enfim, fazer parte de uma família numerosa é isto e muito mais. É claro que também tem as suas desvantagens, mas isso, dava um artigo “um pouco” maior do que este, por isso, não me dei ao trabalho! (Just kidding)
img_1462_final

Falta aqui a “THING 4”!img_1498_final

1 Comentário

  1. benilde

    tudo muito claro gostei muito

Deixar uma resposta

Também Pode Gostar